1928

Oscar Herzog, director-geral da Oris de 1928 – 1971.
Oscar Herzog, director-geral da Oris de 1928 – 1971.

Georges Christian morre em 1927 e logo depois a firma torna-se uma empresa pública. Oscar Herzog, cunhado de Georges Christian, converte-se em director-geral da empresa e durante os 43 anos seguintes continua a tradição de permanente crescimento.

Oscar Herzog, cunhado do co-fundador Georges Christian, gere a Oris de 1928 a 1971.